1º ENCONTRO DE CASAIS 2011

Em fevereiro será realizado mais um Encontro de Casais em nossa igreja e você é nosso convidado especial. Traga seu companheiro(a) para aprender mais sobre o que a Palavra de Deus ensina sobre o amor e o Seu plano para a família [...]

SAIBA COMO FOI A PRIMEIRA EBF - ATUALIZADO!

Aconteceu de 27 a 29 de janeiro a 1ª Escola Bíblica de Férias com o tema Viajando para Nínive. Durante três dias, a garotada se reuniu para aprender mais sobre os planos de Deus, a obediência e a missão ser mensageiro de Sua Palavra [...]

CONHEÇA UM POUCO DA NOSSA HISTÓRIA

A Igreja Missionária Evangélica Betel Brasileiro foi implantada na cidade de Canguaretama, no Rio Grande do Norte em maio de 2005. Um projeto inovador e ousado que nasceu da inspiração do Senhor no coração de seis jovens [...]

MENSAGENS BÍBLICA EDIFICANTES

Durante pouco mais de 2 anos, muitas mensagens foram registradas nesse espaço com temáticas diferentes: espiritualidade, amor, unidade, juventude, missões e muitas outras, que têm abençoado vidas na internet [...]

BARRA DO CUNHAÚ: UMA DAS MAIS BELAS PRAIAS DO RN!

Localizada a 12 km de Canguaretama, Barra do Cunhaú é o ambiente ideal para quem deseja desfrutar de um pouco de paz e sossego, num cenário que revela minuciosamente a inventividade e generosidade do Criador [...]

Cansado dos rótulos


Entre nossos muitos vícios e manias, temos arraigado a nossa cultura, o hábito de inferir juízos de valor baseados numa observação superficial. Tornamo-nos peritos em categorizar as pessoas de acordo com nossa intuição. Esse costume execrável, que tentamos arrastar pra debaixo do tapete, nos domina, às vezes até involuntariamente.

Nalgumas igrejas, por exemplo, há uma espécie de triagem que precisa subjugar às pessoas de acordo com seus trejeitos, indumentária e ostentação – em alguns casos, “unção”. Uma lastima constatar que, quem se adequar ao esquema nem sempre precisa ter seu caráter moldado por Cristo. Basta aparentar, a essência tornou-se secundária. Estou farto desse rótulo fútil, cansei de ser chamado “evangélico”. Hoje, parece não fazer diferença nenhuma, servir a Deus está acima de qualquer emblema ou categoria.

De nada vale uma árvore grande e aparentemente viçosa, se for infrutífera.

São os rótulos que costumamos dar as pessoas, eles representam a nossa embaçada visão das coisas sem, no entanto, corresponder à realidade. Fazemos isso corriqueiramente, desde cedo, das brincadeiras da escola ao convívio com os colegas de trabalho. Quem nunca aderiu uma opinião sobre algo que julgasse incontestável? Rotular geralmente costuma estar relacionado à intolerância e falta de autocrítica.

Cuidado com a forma como temos visto nosso irmão, iracundos e cheios de preconceitos. Propensos a apontar-lhes os defeitos e encerrar-lhes como vilões de nossa história, quando na verdade estamos sendo pedra de tropeço na vida de outrem. Seremos medidos com mesma fita métrica divina. O que me incomoda é o fato de as pessoas se sentirem absolutas em seu julgamento, capazes de ir até as últimas conseqüências para impor a sua verdade. Piedade dos que tem razão.

"Ou como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o argueiro que está no teu olho, não atentando tu mesmo na trave que está no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás bem para tirar o argueiro que está no olho de teu irmão”. Lucas 6:42

Por Eder Barbosa de Melo
Publicado originalmente no http://recortecotidiano.blogspot.com/

Manuscritos na internet



Um projeto orçado em US$ 3,5 milhões, fruto da parceria entre o Google e o Departamento Israelense de Antiguidades, levará a internet os manuscritos do Mar Morto, uma das maiores descobertas arqueológicas do século 20. O documento, que tem mais de 2 mil anos e alguns dos mais antigos textos bíblicos, será escaneado por meio de uma tecnologia multiespecial desenvolvida pela NASA. “É a descoberta mais importante do século 20 e vamos compartilhá-la com a tecnologia mais avançada do século 21”, afirmou Pnina Shor, responsável pelo projeto. Ele anunciou que as imagens estarão na internet nos próximos meses. Ao todo, o projeto irá durar cinco anos. O documento, composto por 900 manuscritos achados entre 1947 e 1956, contém pergaminhos e papiros de cunho religioso escritos em hebraico, aramaico e grego.



Via: Revista Língua Portuguesa

Confirmada gravação do Diante do Trono 14 em Natal/RN




Natal/RN será palco da nova gravação do Ministério de Louvor Diante do Trono. A informação foi confirmada por Ana Paula Valadão em seu twitter oficial:


Mas hoje é um dia de anunciar uma NOTÍCIA mt ESPECIAL. Querem saber?????

Estão curiosos? Rsrsrs Não é gravidez de filho natural! : ) É sobre a gravação do DT14!

Calma!!!! Rsrsrs

Onde vcs acham q o Senhor preparou para o DT convocar #FestaSanta a Ele neste ano de 2011?

Acertou quem disse #NATAL, Rio Grande do Norte!!! O #Pai abriu as portas da #CidadeDoSol e cremos q #Jesus, o #SolDaJustiça brilhará! Mal4:2

#Ore p q tds os #propósitos d #Pai se cumpram dia #16deJulho gravação #DT14 em #NATAL. #Ore p estar conosco entronizando #Jesus n #Brasil!

O grupo já esteve em diversas capitais do país gravando com grandes concentrações de louvor e fé. Na manhã do dia 17/2 uma equipe do Diante do Trono, entre eles o produtor Júnior e a líder de intercessão Ezenete Rodrigues, estiveram reunidos para uma café-da-manhã com a prefeita da cidade onde discutiram a possibilidade da gravação. Ainda não foi divulgado o local onde será gravado o novo álbum.




Última ministração do Diante do Trono em Natal, no Vila Folia em novembro de 2010.

Via: Gospel + e Portal DT





Encontro de Casais - 2011



Venha participar do nosso Encontro de Casais!

Dia 26 de fevereiro | Igreja Betel Brasileiro | 19h30min
Rua Marechal Deodoro, 148 – Centro Canguaretama/RN

Informações: Francisco e Cida (84) 9198-2266

"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição". Colossenses 3:14

Escola Bíblica de Férias



As aulas estão pertinho de recomeçar, mas os últimos dias dessas férias foram diferentes. Aconteceu de 27 a 29 de janeiro a 1ª Escola Bíblica de Férias com o tema Viajando para Nínive. Durante três dias, a garotada se reuniu nas escolas Juarez Rabelo e Centro Educacional Maria Pessoa Alves para aprender mais sobre os planos de Deus, a obediência e a missão ser mensageiro de Sua Palavra, através ilustrações dinâmicas sobre a história do profeta Jonas, encenado pelas crianças da Igreja.

As tardes foram animadas com músicas, danças e dinâmicas. Ao final de cada dia, foi servido um lanche a todos os participantes. Cerca de 80 crianças estiveram conosco durante a programação. Como igreja, consideramos este projeto um investimento ousado, um evento realizado por fé, que contou com a nossa unidade. Cremos que as crianças são o futuro da Igreja, os líderes, missionários, pastores de amanhã, mas reconhecemos a necessidade de ensinar-lhes hoje o caminho, assim sendo, não se desviaram nem para a direita, nem para esquerda.









Agradecemos a todos os irmãos que se empenharam neste projeto tão especial voltado para os pequeninos, doando tempo, recursos e a criatividade. Registramos aqui a nossa gratidão a todos que colaboraram a realização da EBF, em especial a irmã Thamires, Geancarlos (da PIB de Canguaretama), Elianeide de Cássia e Fátima Pessoa – pelo espaço cedido para realização do evento – bem como a todos os pais que nos confiaram este tempo com seus filhos. Que o Senhor possa recompensá-los.








Até as próximas férias!

Sobre homicídio doloso

Por Eder Barbosa de Melo
Publicado originalmente do Recortes



















Eles se entreolharam com desdém, como se na ira de suas retinas coubessem armas nocivas, capazes de fulminar o outro. Seguiam em direção ao púlpito, apertaram as mãos com frieza, esquivando-se da possibilidade de um abraço, afastaram-se. Para sempre. A cena se repete nos diversos arraiais evangélicos. O Corpo de Cristo recebido indignamente. Os sermões sobre a piedade ecoam. Escoam pelo ralo.

A igreja tem caído no indiferentismo. Relações aparentemente harmoniosas sucumbem diante do desprezo. Interesses opostos. Posições confortáveis. Mesas fartas. Não se presta muita atenção nas pessoas. Muitos serviços ministeriais com embasamento em discursos filantrópicos, na realidade, dissimulam demagogias. A negligência tornou-se um ciclo vicioso. Peca quem sabe fazer o bem e se omite.

Crimes hediondos são cometidos todos os dias. À queima roupa. O destrato, a mania de subjugar, a intolerância. Não há quem se comprometa. Por acaso, sou eu responsável pelo meu irmão? Se vira! Réus confessos, com prazer na desgraça alheia. Quem odeia a seu irmão é homicida. Assassinamos nosso irmão dentro de nós. Desistimos da impossível tarefa de suportar em amor. Quando extinguimos a possibilidade de manter relações de cordialidade, comunhão. Terrorismo espiritual!

Preconizo a necessidade de reaprendermos a amar. Amar por completo, amor não fingido, como está escrito: não de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. O amor não foge quando as coisas ficam difíceis, não deserta diante de adversidades, nem se dilui na divergência. O amor desconfia dos fatos, não faz caso de certos argumentos, não é mesquinho, não tem medo de parecer incoerente, nem faz juízo. O amor liberta!

Esse sentimento desditoso que proclamam por aí não é amor. O amor não é obsoleto, nem desnecessariamente austero. Não impõe regras descabidas. Não se limita ao abraço escuso diante de uma platéia, ou a um mero palavreado pueril. Quanto mais amamos, mais tornamos sensíveis à necessidade de outro. Amor desprovido de interesse. Quem tiver bens deste mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus? Sons que tinem de vasos vazios. Os dons que se fazem vãos, a fé declinando ao mausoléu. O amor cobrirá a multidão de pecados!

Minha súplica: anseio fervorosamente que o Teu amor me cure. Quem não ama permanece na morte. Se afligido sou por meus próprios conflitos, não quero me apresentar diante do Juiz como impiedoso contrabandista de corpos desprezados, almas combalidas aguardando um gesto meu, que recusei, intimidado pela ausência de esforço para viver o amor que discursei, mesmo conhecendo meu competente Advogado. Respingos de sangue nas mãos. Frases que calei, sorrisos que omiti, afetos que neguei, alianças que desfiz, promessas que não cumpri, delitos que cometi... Quão culpável e insensato. Não tens ao culpado por inocente. Somente a tua graça me justifica.

Meus anelos se resumem em me revestir desse amor, que é o vínculo da perfeição. Aguardo ansiosamente o dia em que o amor prático não seja apenas um sonho distante, retórica engessada pela mediocridade. Encenação de gente inclemente, falsa devoção, dolo. A indiferença é como arma de destruição em massa, pode ser pior que o ódio. Que a esperança de tornamos semelhantes ao Pai, nos purifique. Que a graça e o amor de Deus nos absolva, nos declare inocentes!

"Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco". 2 Co 13 :11